28
abr

TEMPORADA DE CICLOTURISMO NA ITALIA

A Itália é o berço do ciclismo, de onde saíram os melhores do mundo. O cicloturismo e os granfondos com certeza, são uma oportunidade única de conhecer melhor o ciclismo, em uma das cidades mais belas do globo. Sem dúvida, uma experiência inesquecível, em todos os sentidos.
cats

Fui convidado a participar, em maio, do Granfondo Nove Colli. É o Granfondo mais antigo realizado na Itália, esta última foi a sua 44ª edição. Se você gosta de pedalar, já tem um preparo razoável e quer “respirar” ciclismo, bicicletas, e conhecer uma região belíssima, essa é a sua oportunidade. Com largada e chegada na charmosa Cesenatico, região da Emilia Romagna, terra natal de Marco Pantani, ciclista mais reverenciado na Itália e considerado um dos melhores de toda a história, é uma prova extremamente bem organizada. São duas as alternativas de percurso: o longo, com 200 km, com nove montanhas a serem superados , e o curto, com 130 km, com “apenas” quatro montanhas.
A estrutura de Nove Colli envolve 13 pontos de apoio médico com ambulância, 10 pontos de abastecimento de água/alimentação e 12 pontos de apoio mecânico, ao longo de ambos os percursos. Todos os inscritos recebem um chip para cronometragem de seus tempos e ao final ganham uma bela medalha de participação.
cats

Agora sabem quantos ciclistas alinharam na largada da Nove Colli? 12.000 ciclistas!! Sim, 12.000. São quilômetros de ciclistas alinhados. Lindo, empolgante, eletrizante, emocionante. A intenção nesse tipo de prova é não só estimular a prática do ciclismo, mas também incentivar o cicloturismo e criar entre os participantes um clima de amizade e união, tendo o Granfondo como pano de fundo. Fiz ótimas amizades e interagi com diversos ciclistas de outras nacionalidades.
A estrutura montada pela ITALY BIKE TOUR para dar o máximo de conforto aos ciclistas. A começar pelos hotéis( RICCIONE BIKE HOTELS), sempre muito bem localizados (uma rede de hoteis voltada para ciclistas) e com espaços específicos para guardar as bicicletas e fazer todo tipo de ajuste mecânico necessário. Outro ponto de suma importância: não precisa levar bicicleta na mala! Sim, isso é uma enorme comodidade, pois, se carregar malas em avião já é algo não muito agradável, imaginem carregar bicicletas. Mecânicos à disposição para se fazerem os ajustes e consertos necessários. São realizados treinos e passeios tendo sempre à frente um experiente ciclista italiano como guia.
E como a ideia não é só pedalar, mas também conhecer a região, sua cultura, sua gastronomia, sua história, passeios são organizados para os ciclistas durante o dia e saídas noturnas. Assim conheci San Marino, Bolonha e Rimini. E não foram poucos os vinhos e massas de excelente qualidade que tive o prazer de saborear.
Embarque nesta aventura que recomendo a todos os que estão pedalando. Uma experiençia de vida
WP_20140515_032
Diapositiva1

INFORMAÇOES E RESERVAS: japao@byjapao.com.br
(31) 84944820
redes sociais:https://www.facebook.com/japao.carvalho

https://www.youtube.com/channel/UCYGPLfo8KhRkrxJFf0bMe0g

Veja também

Comentários